O comércio está passando por um momento difícil! Os trabalhadores querem trabalhar e não podem! Eles só querem sustentar suas famílias, por comida na mesa, mas o governador não permite.

O setor produtivo estava em recuperação, mas vem perdendo receitas desde o início da pandemia. Em 2020, muitos estabelecimentos foram fechados, outros, que conseguiram se manter, tiveram que se adaptar e reduzir custos. Entre os custos está a redução no quadro de funcionários, o que atinge e eleva diretamente o número de desempregados, portanto isso causa uma crise em cadeia: no qual as pessoas perdem o poder de compra e o comércio também sente esse impacto.

Esse ano o comércio teve uma expectativa de retomada, devido ao início da vacinação contra o Covid 19, porém o número de casos só aumenta e uma nova onda se inicia. Além disso, o Estado está restringindo a movimentação de pessoas, fechando o comércio e reduzindo o seu período de funcionamento, com isso a crise financeira está se agravando.

Aqui, o governador está causando um desespero em quem faz a economia girar, tanto empresários quanto os funcionários e autônomos ficam preocupados, pois ambos têm contas a pagar e com essas restrições mais empresas poderão estar fechando as portas e reduzindo o número de vagas de emprego.

O comércio não pode parar, tem que encontrar uma solução que seja mais prudente, estendendo os horários de funcionamento para reduzir um fluxo pessoas num mesmo horário, aumentando a frota de ônibus e intercalando horário de funcionamento para reduzir o fluxo em um horário só. Essas são possíveis sugestões para amenizar a situação, mas impedir que outros trabalhem só vai causar mais mortes, pois a fome também mata e a crise financeira também aumenta criminalidade e doenças tais como depressão e crise de ansiedade, que podem levar a suicídios.

O comércio precisa de cuidado, de apoio. O setor produtivo precisa funcionar, pessoas dependem dessa sua atenção, governador.

Confira também: 

[Artigo] Governador anuncia obras milionárias, enquanto trabalhador é castigado!

Vereador Sargento Reginauro é licenciado por saúde e Pedro Matos toma posse

Sargento Reginauro realiza transplante e comemora segundo aniversário

Comentários